O Verdadeiro Sonhador Não se Deixa Contaminar – Parte 1

15
jul

Texto Chave: O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo (1 Tessalonicenses 5:23).

Qual o seu sonho? Para um sonho ser realizado, ele precisa ser perseguido. Os sonhos precisam ser publicados, declarados, confessados, dia após dia. Quando você fala sobre os seus sonhos, a sua alma é despertada, a sua mente é ativada e seu espírito é acordado. Somos seres trinos: espírito, alma e corpo, que devem estar plenamente conservados no propósito da nossa conquista até a vinda do Senhor Jesus.

Precisamos sonhar. Porém, a tônica do nosso sonho não deve ser os nossos interesses pessoais. Quando colocamos o coração diante de Deus e a nossa disposição diante do grande gerenciador dos sonhos, respaldando-nos diante dEle, entramos em operação entre o kronos – tempo do homem, e o kairós – tempo de Deus. Há um casamento entre os dois.

Às vezes, parece que algo na nossa vida está preso, tudo está aparentemente certo, mas algo não está rompendo. A pessoa luta por um emprego, mas não consegue. A pessoa é fiel e integra, mas todas as portas estão aparentemente fechadas. O interessante é que, por mais que esteja em um labirinto, o sonhador sempre encontra uma saída.

Não há uma porta que não se feche diante dos nossos olhos sem que outra não se abra diante do nosso entendi- mento. Todas as portas que se fecham diante de nós é porque Deus está providenciando uma porta maior e melhor diante da nossa história. Por isso, seja bem-vindo à nova porta que Deus está abrindo.

Porém, você ainda acha que tudo está-se fechando, que tudo está acontecendo ao contrário do que você está crendo? Parece que as coisas não mudam? Existe uma situação que a Bíblia nos ensina chamada prova. Saiba que seu sonho será aprovado se você continuar a trilha sem se desviar do propósito.

Não há como você declarar um sonho e em seguida não passar por uma prova. Isso acontece para saber se é exata- mente esse sonho que está em seu coração como uma tônica de decisão para você caminhar na direção correta.

As provas o ajudarão a crescer e a decidir se é isso mesmo que você quer para sua vida. As provas estarão encaminhando-o e sinalizando se você está na rota correta. Deus objetiva nos treinar e sabe até onde cada um suporta a prova. “Eles o viram de longe e, antes que chegasse aonde estavam, conspiraram contra ele, para o matarem, dizendo uns aos outros: Eis que lá vem o sonhador!” (Gênesis 37:18-19)

Você já imaginou se Deus dissesse para José que ele seria governador do Egito? Certamente ele não acreditaria, pois o Egito era a nação mais barrista da época, onde estrangeiros não tinham espaço. José questionaria essa promessa com Deus, dizendo: é impossível!

Muitas vezes, não estamos preparados para o tamanho da bênção que Deus nos dará. É por isso que José passou por várias fases. Existem três fases que testam se o sonho nasceu no coração de Deus.

Reconhecer a santidade do sonho: Você reconhece que seu sonho é um sonho de santidade? Segundo a Bíblia, José era um homem muito bonito, formoso, inteligente, administrador de confiança. Ele era um dos homens mais bonitos de sua época. José foi levado para a casa de Potifar como escravo e ali foi provado. José era um jovem formoso de porte e de semblante, além de outras características que possuía. Então, a mulher de Potifar, que a Bíblia nem sequer revela o nome, apaixona-se por ele.

José poderia ter-se aproveitado da situação negociando com ela seu sonho. Ela tinha um marido rico, que viajava muito; ela estava apaixonada por ele, então ele poderia decidir por aproveitar-se da situação. Ela perturbava a vida dele todos os dias, chegando a ponto de arrancar as roupas dele. Mas, ele preferiu fugir a negociar o seu sonho.

Quando um sonho está pautado na santidade, a imoralidade não entra. Não há como misturar um sonho com fantasias, com indecência, com imoralidade. Então você pergunta: por que estou passando por algumas provações? Por que algumas situações ainda não foram resolvidas, por que algumas perguntas não foram respondidas em minha vida?

Deus lhe mostrará os porquês e os para quês. Porque muita coisa ainda assalta a mente, principalmente dos homens. Muitos homens talvez não caiam na imoralidade de deitar-se com uma mulher, mas são flechados durante todo o dia na mente com sentimentos e pensamentos de imoralidade. Sempre haverá tentativas de contaminação dos seus sonhos. Mas, você é um arauto; tem um alvo, tem um sonho.

Os nossos sonhos serão perseguidos por ra1zes de iniqüidade, pois essa é uma das formas mais frequentes de contaminação dos sonhos. Para um sonho se concretizar, para a promessa se cumprir, a santidade precisa ser mantida. Se a santidade não for mantida, a conquista será maculada. Você precisa da unção de santidade para conquistar com santidade.

Ser santo não é ser alienado. É conviver nesta sociedade e não se contaminar com ela. É saber enfrentar as propostas de contaminação, mas manter-se em integridade, em santidade, mantendo a fé intacta, não deixando que circunstâncias fáceis roubem a visão magnífica, seu sonho.

José teve todas as oportunidades fáceis para legalizar- se numa terra estranha, mas ele decidiu não ficar debaixo de situações suspeitas. Ele andou em retidão. Teve que fugir nu, ser envergonhado, mas não abriu mão da sua santidade. Ele se expôs, mas não se traiu nem traiu seu senhor, muito menos o Senhor, nem abriu mão do seu sonho. Ele foi preso injustamente por causa dessa situação. Como ele poderia se defender? Quem defenderia um escravo? José só tinha uma pessoa a seu favor: o Senhor. Às vezes, estamos passando por momentos em que só Deus pode nos socorrer, somente Ele pode nos ajudar. Quando você receber toda calúnia, toda difamação, quando levantarem suspeitas sobre a sua idoneidade, fique firme, pois o Senhor será por você. O Senhor é o zelador dos sonhos. Ele não permitirá que os seus sonhos sejam macula- dos. O Senhor cuidará de você para que, em todas as situações forjadas para matar o sonho, seu coração esteja guardado e seus sonhos preservados.

Foi a santidade que absolveu José. Potifar poderia ter mandado matar José na hora, mas o levou para o cárcere. É a santidade que absolve o l1der do fim trágico, assim como a santidade respalda o seu sonho. Santidade é não se conformar com este mundo fácil que mancha a nossa identidade (Romanos 12:1-3). Devemos ser transformados pela renovação do nosso entendimento. Precisamos ter entendimento aberto para alcançarmos êxito. A nossa oração deve ser a mesma de Eliseu: Senhor, abre os olhos do moço (II Reis 6:17). Se nosso entendimento não for aberto, parece que não vemos que há muito mais pessoas a nosso favor do que contra nós. Elias disse um dia para o Senhor: Estou só nesta guerra. O Senhor respondeu: Elias, há mais de sete mil homens que dobram o joelho contigo; você não está só (II Reis 19:18). Sempre na nossa vida, diante dos nossos olhos, existe a solução, mesmo que pareça que estamos sós.

Muitas vezes, estamos tão envolvidos com as circunstâncias que não vemos. Deus quer abrir nossos olhos. Deus está abrindo, no reino espiritual, portas para nós, mas como estamos esperando outros tipos de portas, não vemos aquelas que estão sendo abertas pelo Pai.

Você se lembra dos homens no caminho de Emaús? Eles estavam conversando e o próprio Jesus chegou perto deles e perguntoulhes qual era o assunto (Lucas 24). Eles estavam cabisbaixos, desanimados. Eles não entendiam como aquele homem não sabia das últimas notícias em Jerusalém. Jesus perguntou qual era a última notícia e eles disseram: que mataram Jesus. Jesus disse: essa é a última notícia?! O Senhor é quem tem a última notícia e nós estamos presos na notícia do Jesus morto, sendo que quem está andando conosco é o próprio Jesus vivo. Jesus mostrou as profecias que testemunhavam sobre a vinda do Messias, que ele morreria, mas ressuscitaria. Somente depois de muito tempo é que as escamas dos olhos caem e eles reconhecem que é o Senhor.

A resposta está diante dos nossos olhos, mas estamos querendo uma outra resposta que nos agrade, uma resposta que alimente nosso ego e nosso ser, que alimente nosso sonho humano, que não tem nada a ver com os sonhos de Deus. Esse sonho que não tem nada de santidade obstrui toda possibilidade de resposta de Deus, pois Ele é Santo. Você deve olhar firme para as respostas que Deus tem para sua vida e não para as perguntas que você tem para Ele. Jesus é o único que vai dar-lhe uma reposta que não tem nada a ver com a sua pergunta. Jesus dava a resposta que a pessoa precisava ouvir e não aquela que a pergunta o induzia. Quando Nicodemos estava conversando com Jesus e enchendo-O de elogios, Jesus olhou para ele e disse: você precisa nascer de novo (João 3:1-7). Pareceu falta de educação? Ele poderia ter dito, pelo menos, muito obrigado. Mas, Jesus não precisava de ninguém para convencê-LO de quem Ele era. As pessoas é que eram confusas com relação ao Mestre, mas Ele tinha convicção da Sua identidade.

Jesus tem uma resposta para cada pergunta, mas essa resposta nem sempre é aquela que você deseja. Jesus nos pede que entreguemos a Ele os nossos sonhos como um sinal de santidade. Você pode atender a esse pedido? O sonho santo é projeto do Deus Santo e deve voltar para Ele santo, sem nenhuma contaminação.

Quantas pessoas estão tão envolvidas com o trabalho que não têm tempo sequer para elas mesmas. E quanto mais trabalham, menos usufruem seu tempo e, às vezes, dinheiro; muitas, na realidade, vivem em aperto financeiro. Você acha que esse sonho é aprovado no teste da santidade? A Palavra nos ensina que devemos buscar em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça e todas as coisas nos serão acrescentadas (Mateus 6:33). Estamos tão consumidos por tarefas que acabamos por contaminar os sonhos de Deus. Coloque diante de Deus o sonho que Ele lhe entregou. O Senhor quer tirá-lo do estresse que você está vivendo e lhe dar um descanso. Pergunte a si mesmo: tem-me faltado algo? A nossa alma procura desculpas para tentar denegrir a imagem do Criador. Fica o tempo todo se justificando, procurando desculpas e obstruindo os projetos de Deus.

Qual deve ser a ocupação da nossa mente? “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.” (Filipenses 4:8) Porém, o inimigo joga muitas flechas na nossa alma para falarmos mal de nós mesmos e do Criador, poluindo um projeto tão grandioso que o Senhor está-nos entregando. Ninguém alcançará êxito se não passar por provas normais de alguém que sonha. Essa verdade é real tanto no âmbito natural quanto no espiritual.

Cresceremos em santidade, porque quem nos dá os sonhos É Santo, e Ele requer santidade para que o sonho se cumpra. Vamos caminhar neste caminho e separar nossa vida para Ele. Continua…

Deixe um comentário