Os Segredos dos Bem-Sucedidos – Parte 1

02
jun

Texto Introdução: O muro ficou pronto no vigésimo quinto dia de elul, em cinquenta e dois dias. Neemais 6:15

Qual era o segredo de Neemias? Como pode levantar, em cinquenta e dois dias, os muros que ficaram, por décadas, derrubados e descuidados? Ele não se deu por vencido! Continuou trabalhando até terminá-los.

Como estudamos antes, Neemias enfrentou uma grande oposição contra a reconstrução da muralha. Sambalate, Tobias e Gesém utilizaram-se da divisão, do desânimo e da discórdia em sua tentativa de deter o projeto. Quando aquilo não funcionou, tentaram a zombaria e a intimidação. Agora chegamos ao capítulo seis de Neemias, faltando apenas colocar as portas. O muro estava quase terminado. Os inimigos de Neemias estavam ficando desesperados.

Se Neemias tivesse escrito um livro que se chamasse “Como terminar um projeto em tempo recorde”, é possível que dissesse algo assim:

Quando Sambalate, Tobias, Gesém, o árabe, e o restante de nossos inimigos souberam que eu havia reconstruído o muro e que não havia ficado nenhuma brecha, embora até então eu ainda não tivesse colocado as portas nos seus lugares, Sambalate e Gesem mandaram-me a seguinte mensagem: “Venha, vamos nos encontrar num dos povoados a da planície de Ono”. Eles, contudo, estavam tramando fazer-me mal; por isso enviei-lhes mensageiros com esta resposta: “Estou executando um grande projeto e não posso descer. Por que parar a obra para ir encontrar-me com vocês?” Eles me mandaram quatro vezes a mesma mensagem, e todas às vezes lhes dei a mesma resposta. Neemias não se deu por vencido.

Seus inimigos tinham algumas cartas para jogar, mas Neemias estava pronto para fazer-lhes frente. Se você quer fazer as coisas rapidamente e bem, tem que fazer três coisas:

1. Continue trabalhando, apesar das distrações

Sambalate, Tobias e Gesem tentaram desviar Neemias. Eles sugeriram que se celebrasse uma conferência de paz. Que tinha isso de mal? Vamos nos reunir para discutir um meio de nos entendermos. Neemias, porém, estava atento. “Estou levando a cabo um projeto”, ele lhes disse, “e não posso desistir.” Estava decidido a não se deixar distrair enquanto não houvesse terminado os muros. O tempo das discussões já passou. Agora é tempo de trabalhar. Você já conheceu alguém que quer falar mais que trabalhar? Pessoas que criam situações de conversa para deixar de trabalhar? Muitos projetos não terminam nunca porque são destinados a um comitê, e só chegaram até aí. A burocracia amarra o progresso. Evite-a, se for possível.

Mais ainda, aqueles enganadores estavam ameaçando a vida de Neemias. Todos os seus anos como copeiro do rei lhe fizeram entender que se tratava de uma tentativa de assassinato. Sabia que, se fosse reunir-se com eles, poderia ser sequestrado. Viu as más intenções que se escondiam por trás da sua petição.

O principal é manter como principal o que é principal.

Neemias terminou em um tempo recorde porque não permitiu que nada o distraísse. Manteve os olhos fixos em sua meta. Quatro vezes trataram de deter ou atrasar seu trabalho. Em cada uma daquelas vezes, Neemias disse “não”. 2. Continue trabalhando, apesar da difamação Então, na quinta vez, Sambalate mandou-me um dos seus homens de confiança com a mesma mensagem; ele tinha na mão uma carta aberta em que estava escrito: “Dizem entre as nações, e Gesém diz que e verdade, que você e os judeus estão tramando uma revolta e que, por isso, estão reconstruindo o muro. Além disso, conforme dizem, você está na iminência de se tornar o rei deles, e até nomeou profetas para fazerem em Jerusalém a seguinte proclamação a seu respeito: ‘há um rei em Judá. Ora, essa informação será levada ao rei; por isso, vamos conversar”. Eu lhe mandei esta resposta: Nada disso que você diz está acontecendo, e pura invenção sua. Estavam todos tentando intimidarnos, pensando: “Eles serão enfraquecidos e não concluirão a obra”. Tentaram caluniar Neemias; desacreditá-lo. “O que acontece e que você quer levantar um império”, o acusaram. “Nós sabemos o que você está fazendo”. Desafiaram sua motivação e o acusaram de se rebelar contra o rei. Então, quando lhe enviaram a carta, não a selaram, de propósito, para que todos a pudessem ler. Queriam que ela se tornasse pública, como as cartas a um editor. A finalidade era agitar rumores e suspeitas contra Neemias.

Se você tem grandes metas, vão criticá-lo. Talvez pessoas que estão com ciúmes do que você está fazendo até procurem denegrir sua imagem, os fracassados odeiam o sucesso. Jesus foi o homem mais falsamente acusado da história. Como ele respondeu aos que o caluniaram? Como ele nos pede para reagirmos diante das calúnias? Isto e o que ele diz: Bem-aventurados serão vocês quando por minha causa, os insultarem, os perseguirem e levantarem todo tipo de calunia contra vocês. Alegrem-se e regozijem-se, porque grande e a sua recompensa nos céus…

Você sabia que cada vez que calunia alguém está fazendo a obra do Diabo? A palavra “Satanás” significa “caluniador”. Este e o trabalho dele. A Bíblia diz que Satanás é o acusador dos santos. Neemias compreendeu o que eles traziam nas mãos. Na realidade, o que pretendiam era assustar-nos. Pensavam em desanimar-nos, para que não terminássemos a obra.

Alguma vez você teve de suspender o trabalho que estava fazendo para se defender, por que alguém o criticou? Neemias disse: Não vou cair nessa armadilha. Não vou começar a responder aos rumores e as insinuações. Não vou deixar que me façam desanimar e colocar tudo a perder. Enfrentar acusações falsas e uma das coisas mais difíceis que um líder tem de fazer. E muito desalentador. O que da vontade de fazer e renunciar. Neemias não estava disposto a fazer isto. Negou suas acusações e orou para pedir fortaleza. Compreendia o que os motivava e não cedeu. Quando o criticarem ou o acusarem falsamente, lembre-se de Neemias. Nunca se dê por vencido! O que Neemias fez foi orar. “E agora, Senhor, fortalece as minhas mãos!”

Quando nos acusam e nos atacam com falsidades, nossas emoções sofrem.

Abraão Lincoln dizia: “Se eu fosse ler — muito menos responder — todos os ataques lançados contra mim, teria de fechar meu negócio. Faço o melhor, da melhor forma que sei, o melhor que posso. E assim penso continuar fazendo até o final. E, se ao final resultar que estou errado, então ainda que dez anjos jurem que não estou, não vai servir de nada”.

O general MacArthur e Sir Winston Churchill disseram: “Não respondemos as críticas. Não respondemos a difamação. Não respondemos as acusações. Se o fizéssemos, todo o nosso tempo estaria dedicado somente a combater ataques”.

Henry Ward Bécher disse: “A vida seria uma verdadeira caça às pulgas se ao ser humano fosse exigido que derrubasse todas as insinuações e acusações veladas sobre ele e a falsidade que lançam contra ele”.

Ser líder significa nos dar conta de que haverá pessoas e coisas que tentarão tirar nossos olhos da meta. E possível que digam algo que o fira e o difame. Quando isso acontecer, você terá de decidir: ou você passa todo o tempo lutando contra as críticas ou contínua trabalhando no muro. Decida.

Neemias disse: “Eu vou continuar trabalhando no muro”. Por isso, depois de cinquenta e dois dias, o muro estava pronto. Não cedeu diante das distrações nem da difamação. Sabia o que o inimigo tinha em mente, e não estava disposto a ceder. Continua…

Deixe um comentário