Removendo dos Pés os Grilhões – Parte 2

15
jul

Pagando o preço do sonho

Ninguém pode construir um sonho sem pagar um preço. O Senhor enviou José adiante dos seus irmãos, adiante de uma nação. Deus enviou uma pessoa para ampliar as tendas, dar novo entendimento, ter novas terras, abrir as mentes, prover alimento.

Você pode até não saber, mas o Senhor já Se adiantou a sua frente para lhe dar uma bênção sem medida. Em compensação, Ele o usará para enviá-lo à frente de alguém para ser porta de bênção para outras vidas e você precisa crer nessa verdade. É para isso que somos chamados: para abrir portas.

José, vendido como escravo, matou a fome não apenas de uma nação, mas de todos os estrangeiros que precisavam de alimento. Ele, vendido como escravo, abençoou um povo e supriu a fome de todos daquele território e além-fronteiras. Deus é perito em transformar maldições em bênçãos (Neemias 13:2).

Não há uma situação, por mais difícil que seja, que Deus não tenha poder de transformar. Existem muitas situações em sua vida que possuem sinal de escravidão, mas Deus está adiantando a Sua mão para que você possa libertar um povo.

Nos mínimos detalhes, existem os sonhos do coração de Deus inspirando os homens para que se cumpra um propósito. A questão é: Deus está no seu projeto? Sim ou não? E você está no projeto de Deus? Você tem certeza, absoluta, de que está vivendo no projeto de Deus? Se você não está, peça a Ele que o inclua nesse projeto e que você seja parte fundamental nele.

Há pessoas que vão a determinados lugares desejando posições tão diferentes daquelas que estão ocupando hoje… Isso porque Deus as pegou e as colocou no centro da Sua vontade. O coração planejou algo, mas o Senhor dirigiu os passos (Provérbios 16:9). Isso é tremendo! Deus muda toda a nossa história. Ele quer que entendamos que é Ele mesmo quem adianta os nossos passos.

Ainda que os planos pareçam não engrenar, ainda que pareça que estamos fora do propósito, ainda que pareça que as coisas não estejam tão bonitas, creia que Deus está Se adiantando. São os cárceres normais na vida de um homem, os quais Deus permite para que muitas vidas sejam abençoadas.

 A pergunta básica é saber se Deus está no seu projeto e se você está no projeto dEle. Ora, se Deus está no seu projeto e você no projeto dEle, então, por que tanto desencanto, por que tanta murmuração, por que a coleção de frustrações, por que os níveis de medo? Quando Deus está em um negócio, nós não precisamos perguntar e nem entender nada. Tudo o que precisamos fazer é avançar.

Precisamos vigiar com as palavras torpes que não são palavrões apenas, mas qualquer palavra que contrarie os princípios bíblicos. Muitas vezes, a nossa boca atrasa o processo de Deus em nossas vidas.

Quando Isaias disse que ele era um homem de lábios impuros não era porque falava palavrões, mas porque vivia no meio de um povo impuro, incrédulo e por isso precisava ter seus lábios purificados e sua linguagem renovada. Deus quer que conheçamos palavras vivas, palavras proféticas que somarão com a promessa que temos para nossas vidas, pois as palavras de vida, as palavras incorruptíveis destroem o inimigo.

O sonhador sustenta a linguagem límpida

Por que murmurar quando não entendemos o projeto de escravidão que trará o processo de libertação de um povo? Por que murmurar quando não entendemos o plano de Deus que trará suprimento a muitos? Para que murmurar? Para quê fazer perguntas a Deus e às pessoas, se encontramos as respostas na Palavra? José era esse homem que profetizava a favor da sua sorte.

A Bíblia é um livro sagrado, que não se contradiz, mas se confirma a cada livro que lemos. Em toda a Bíblia, encontramos repetições e afirmações das promessas que Deus tem para as nossas vidas, bem como a maneira que Ele quer que nos comportemos em relação a ela. Os quatro Evangelhos falam sobre o mesmo assunto e, ainda que de pontos de vista diferentes, em nada se contradizem.

Deus gosta de repetir Seus sonhos, pois quanto mais se repete uma palavra, mais o ouvinte aprende. Só aprendemos as coisas através do método repetitivo e Deus, por saber disso, registra inúmeros ensinamentos que se repetem ao longo da Palavra. A sabedoria do sonhador está na palavra que ele libera a favor ou contra o que ele crê.

Quantas vezes não entendemos o que Deus está fazendo porque ignoramos a estratégia que Ele está usando! A estratégia não pode ser ignorada. Quando isso acontece, não compreendemos o que Deus está fazendo. Às vezes, ignoramos a estratégia, porque ignoramos o futuro. Não vemos o futuro, e isso nos faz inseguros quando nossa confiança não está depositada em Deus.

Há uma promessa sobre nós: colheremos a cem por um em tudo. Seus filhos e seus netos viverão uma vida que você não viveu e você se adiantará para contribuir com esse pro­ cesso. Não fique para trás. Não queira que seus filhos, seus netos, seus descendentes não tenham o que você não teve. Pelo contrário, trabalhe para que eles vivam de forma muito melhor que você, principalmente, na conquista dos sonhos, estimule sua geração.

Precisamos entender que, quando a nossa confiança está em Deus, todo o nosso futuro estará garantido. Então, ainda que você pareça estar caindo como um morto, no final, tudo ocorrerá da melhor maneira poss1vel, pois o Deus Todo Poderoso é Aquele que o sustenta com a Sua destra fiel. Jesus ven­ ceu e em tudo somos mais que vencedores.

Deixe um comentário